7 de fev de 2011

1968

Éramos jovens, queríamos revolução, queríamos liberdade, igualdade.
Tudo passou, somos yuppies, investidores, reacionários.
Não há mais ditadura, há liberdade, há consumo.
Não há amor.
Não há amor dentro de mim.
Tenho medo de amar de novo de me machucar de novo.
Não quero mais amar, não quero mais me machucar, tenho medo.
Sou apenas um reacionário funcionário público leitor de Veja.
Não circula mais vida dentro de mim, não circula mais amor dentro de mim.
Por isso não me curo? Por isso carrego toda essa dor?
While my guitar gently weeps.
Não consigo sentir amor, não enxergo mais o amor.
Ele me parece tão distante quanto meus 60 anos.
All we need is love?
Eu não sei talvez precisamos.
If you want a revolution, precisa mudar precisa lutar.
Enquanto isso...
Still my guitar gently weeps